Viajar é tudo de bom, não é mesmo? Nós do Vital Card Seguro Viagem nunca nos cansamos de ouvir dos viajantes as histórias de como é maravilhoso viajar pelo mundo a fora. E sabe o melhor de tudo isso? Saber que todos esses milhares de passageiros que viajam todos os meses conosco estão tranquilos, pois contam com os benefícios de um Seguro Viagem.


É muito importante ressaltar que vários cartões de crédito, especialmente os que têm status platinum ou superior, oferecem o seguro de viagem gratuitamente para os clientes. Há grandes diferenças entre os cartões no que diz respeito à validade do seguro. Muitos exigem que a compra da passagem (ao menos a taxa de embarque) seja efetuada com o próprio cartão. Em outros casos (mais raros), o seguro é automático, independente da compra da passagem. Há seguros de cartão de crédito que oferecem a cobertura mesmo dentro do Brasil, a partir de uma certa distância da residência do segurado.
O seguro viagem prevê que o viajante pague todas as despesas médicas do próprio bolso e depois solicite o reembolso à seguradora (dentro dos limites de valores estabelecidos em contrato). Para isso, será necessário apresentar comprovantes de despesas médicas, laudos, notas fiscais e tudo mais que possa confirma o atendimento. É burocrático e pode trazer muita dor de cabeça. A vantagem é o viajantes poder escolher qualquer lugar para ser atendido, independente de fazer parte da rede conveniada do seguro. 
Sua bagagem está “atrasada”, você chegou no destino, mas a bagagem por algum motivo ainda não? Caso esse atraso seja superior a 6 (seis) horas, você terá direito a cobertura de Atraso de bagagem. Você receberá o reembolso de até 500 (conforme a moeda do plano), para compra de itens emergenciais de primeira necessidade. Isso é bom demais, não é?
Pagamento ou reembolso das diárias de hotel, caso as equipes médicas do local e a indicada pela seguradora determinem a necessidade de prolongar a estada devido a um acidente pessoal ou doença súbita. Fianças e despesas legais¹ Reembolso das despesas ocorridas, como custos de fiança, caso exista ordem de prisão ou detenção indevida, por parte de qualquer governo ou poder estrangeiro.
Alaska, a última fronteira. Uma região maravilhosa, com comida deliciosa, povo super acolhedor, estações de esqui, vida selvagem, geleiras e a aurora boreal. Estive no Alaska em 2007, mas não pude ver a aurora boreal: não tinha experiência em caçar auroras e foi frustrante. Sete dias e nada, por isso se quiser embarcar em uma jornada como esta pesquise e se prepare!
O seguro viagem prevê que o viajante pague todas as despesas médicas do próprio bolso e depois solicite o reembolso à seguradora (dentro dos limites de valores estabelecidos em contrato). Para isso, será necessário apresentar comprovantes de despesas médicas, laudos, notas fiscais e tudo mais que possa confirma o atendimento. É burocrático e pode trazer muita dor de cabeça. A vantagem é o viajantes poder escolher qualquer lugar para ser atendido, independente de fazer parte da rede conveniada do seguro. 
Atualmente, a malha aérea da Alaska Airlines serve a vários destinos nacionais e internacionais, desde os seus hubs principais: Seatlle e Anchorage para Acapulco, Anchorage, Adak, Atlanta, Austin, Barrow, Bellingham, Bethel, Boise, Boston, Burbank, Calgary, Cancún, Chicago, Cidade do México, Cordova, Dallas, Deadhorse/Prudhoe Bay, Denver, Dillingham, Fairbanks, Filadélfia, Fort Lauderdale, Guadalajara, Gustavus, Honolulu, Istapa, Juneau, Kahului, Kansas City, Ketichkan, King Salmon, Kodiak, Kona, Kotzebue, Las Vegas, Lihue, Long Beach, Los Angeles, Manyanillo, Mazatlán, Miami, Mineápolis, Newark, Nome, Oakland, Ontário, Orlando, Palm Springs, Petersburgo, Phoenix, Portland, Puerto Vallarta, Redmond, Reno, S. Louis, Sacramento, Salt Lake City, San Antônio, San Diego, San José del Cabo, San Jose, Santa Ana, São Francisco, Seattle, Sittka, Spokane, Tucson, Vancouver, Washington D. C., Wrangell e Yakutat, onde há outras ligações possíveis.
×