É muito importante ressaltar que vários cartões de crédito, especialmente os que têm status platinum ou superior, oferecem o seguro de viagem gratuitamente para os clientes. Há grandes diferenças entre os cartões no que diz respeito à validade do seguro. Muitos exigem que a compra da passagem (ao menos a taxa de embarque) seja efetuada com o próprio cartão. Em outros casos (mais raros), o seguro é automático, independente da compra da passagem. Há seguros de cartão de crédito que oferecem a cobertura mesmo dentro do Brasil, a partir de uma certa distância da residência do segurado.
About ½ the rooms in the hotel open to our gated and tiled patio courtyard. The courtyard features chaise lounges, patio dining tables with umbrellas and chairs, and two natural gas BBQ’s for guest use. All our guests are welcome in the courtyard patio. (Trader Joe’s grocery store is next door to the hotel and many guests pick up their picnic supplies there!).There are vending machines on the second floor of the Courtyard, as well as the second floor above the lobby. Cold sodas and water are available at the front desk. If you need assistance with accessing snacks, just ask one of our friendly staff members who will be glad to help. more...
Downtown : Want to learn about San Francisco, its life and history? Visit the Maritime Museum for interesting exhibits and seafaring artifacts or play some of the turn of the century (that's 1900, not 2000) games at the Musée Mécanique on Pier 45. Take a deep breath and go down into the depths of the USS Pampanito, an original WWII submarine. Experience the historically stunning Liberty Ship, the SS Jeremiah O'Brien, docked right next to the Pampanito. Fun at the Wharf also includes PIER 39

Atualmente, o único país membro da União Europeia que não faz parte do Tratado de Schengen é a Irlanda. Os signatários são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Quatro novos integrantes permanecem em fase de implementação: Liechtenstein, Bulgária, Romênia e Chipre.


In 1996, the Forte Group sold the Travelodge operation in North America. The trademark rights and franchise system were acquired for $39 million by HFS Inc., owner of other hotel brands such as Days Inn and Ramada.[4][5] HFS was later merged into Cendant Corporation,[6] and Cendant's hotel services, including Travelodge, were spun off as Wyndham Worldwide in 2006.[7]
Enjoy spacious, clean hotel rooms with fantastic amenities like free high-speed Wi-Fi and flat-screen HDTV, plus conveniences like a microwave and mini-fridge. Every morning, fuel up with a complimentary breakfast that includes hot selections. Relax in the outdoor pool and hot tub, or get in a workout in the fitness room. For your convenience, we offer a business center and laundry facilities.
São Paulo - O ano de 2014 não foi fácil para passageiros de voos dos Estados Unidos, que tiveram de enfrentar não apenas o mau tempo, mas também a má prestação de serviços por parte das companhias aéreas. Os voos atrasados, a perda de bagagens e as reclamações aumentaram. No ano passado, as companhias americanas cancelaram 66 mil voos a mais do que em 2013, segundo a empresa FlightStats Inc. Já as reclamações sobre os serviços das empresas aumentaram 26%. Com a aposta em um ano de altos lucros e menor custo com combustível, as companhias têm investido em novas tecnologias para aumentar a confiabilidade, mas os números do ano passado mostram que o transporte aéreo dos EUA ainda é frágil. Algumas falhas fizeram com que passageiros ficassem em terra por dias e equipamentos antigos têm falhado com mais frequência. Nesse contexto, o ranking anual The Middle Seat, divulgado pelo The Wall Street Journal, que acompanha sete medidas-chave de desempenho, classificou as 8 maiores empresas aéreas dos EUA em 2014.  A Alaska Airlines e a Virgin American obtiveram as melhores classificações. A Alaska investiu em tecnologia de localização por satélite, que ajuda voos em caso de nevoeiro, além da garantia de entrega de bagagem em 20 minutos. Já a Virgin investiu em um programa de incentivo aos funcionários que oferece bônus de 3% para pontuações em áreas como satisfação dos clientes, operações de aeronaves e segurança e performance imediata. Pelo quarto ano consecutivo, a United e a American Airlines ocupam as duas últimas posições do ranking Os critérios avaliados foram chegadas no horário, voos cancelados, grandes atrasos, atrasos de duas horas na pista, babagem danificada, bumping involuntário (quando a companhia proíbe o passageiro de embarcar, após vender mais assentos que o disponível no voo) e reclamações. Veja a lista nas imagens a seguir, ordenadas da melhor para a pior companhia, segundo o ranking:

Airport : Located just minutes from downtown Las Vegas and the world famous Strip, North Las Vegas Airport is a convenient and economical alternative to McCarran International Airport. North Las Vegas Airport is designed to meet the needs of general aviation pilots and their passengers. Our friendly and experienced staff will take good care of you and your aircraft from the moment you taxi onto our ramp.

Sports : Las Vegas has finally been upgraded from bench warmers to first string. For years we haven't been able to have a national sports team because we're the betting hub of the nation and officials thought results could be rigged if we did. Well, our kicking and screaming at that unfair rule has finally paid off because now we're coming in hot with all these professional sports teams. By 2020, we'll have an NFL team (go Raiders!), an NHL team (Golden Knights are #1), a WNBA team (whoop whoop!) and a USL team. On top of that, we are already home to UFC, Boxing, AAA baseball and the NBA Summer League. You can say that sports in Vegas are a pretty big deal.
Responda depressa: aonde fica a sede da Alaska Airlines? Se você respondeu que é no Alaska, está totalmente… errado! Por mais incrível que possa parecer, a companhia tem sede em Seattle e o aeroporto principal em Los Angeles! Isso porque, ao contrário do que o nome pode sugerir, a Alaska Airlines não é uma companhia regional do Alaska, mas sim a sétima maior empresa aérea dos Estados Unidos, com uma malha extensa que cobre todo o território americano, mais México, Canadá e Havaí. Ao todo são 134 destinos que obviamente, incluem Anchorage e vários outros aeroportos do Alaska – a companhia é a maior operadora de voos entre o estado e demais partes do país. Nosso leitor Marco Brotto conheceu a companhia em mais uma de suas já famosas caçadas à aurora boreal. Confira nessa avaliação como é voar com a Alaska Airlines!  
×